No Cariri: Esteticista foi assassinada a mando de ex do marido; crime custou R$ 20 mil

A Polícia Civil já dá com elucidado o assassinato da esteticista Jaidete Oliveira Correia, de 38 anos, ocorrido no dia 23 de outubro em Assunção, no Cariri Paraibano.

As investigações apontaram que a profissional de beleza  foi morta por causa de ciúmes de uma ex-namorada do atual marido da vítima. O crime ocorreu no estabelecimento de sua propriedade.

“A mandante tinha muito ciúme de Jaidete e contratou esse homicídio através de um pagamento de R$ 20 mil”, destacou a delegada Maira Moura.

O contratante do homicídio, de nome Bruno, contratou outras três pessoas para executar a esteticista. Cada um dele recebendo a quantia de R$ 500. Dois deles foram até o local onde Jaidete trabalhava com roupas semelhantes às usadas por prestadores de serviços de operadoras de internet. Jaidete foi levada até o banheiro do negócio e executada.

Três pessoas foram presas suspeitas de participarem do crime.

“A gente conseguiu identificar o atirador, o piloto da moto e a pessoa que contratou os três que estava em um carro dando cobertura para a fuga dos dois indivíduos que estavam na motocicleta. Três pessoas foram presas, outras diligências estão sendo realizadas, mas já temos o caso como elucidado”, concluiu a delegada.

MaisPB

Related posts

Leave a Comment